uol afiliados

quarta-feira, 12 de março de 2008

Apresentação Wikicrimes

Sabado agora (dia 15/03/08) farei junto com o Vasco uma apresentação sobre o Wikicrimes ao CEJUG.
Ainda não comecei a fazer a apresentação mas creio que falarei mais da parte técnica (como o Wikicrimes foi desenvolvido) enquanto que o Vasco vai falar sobre idéia.

Compareçam todos lá

Café com Tapioca

Palestrantes

JBoss Seam

Antes de tudo, Hildeberto Mendonça é coordenador do CEJUG com muito orgulho. Ele é um entusiasta da plataforma Java e tem aplicado essa tecnologia em todos os seus projetos desde 2001. Hildeberto é graduado pela Universidade de Fortaleza e atualmente faz pós-graduação na Faculdade de Ciências Aplicadas da Universidade Católica de Louvain, Bélgica.

Wikicrimes


Vasco Furtado é professor de Informática na Universidade de Fortaleza - UNIFOR. Doutor em Informática pela Universidade d'Aix Marseille III na França com pós-doutorado na Universidade de Stanford, CA, EUA. Ele desenvolve pesquisas em Inteligência Artificial com um caráter multi-disciplinar e prático, sendo que a área de Segurança Pública é seu maior nicho de aplicação. É igualmente analista de Tecnologia da Informação da Empresa de Tecnologia da Informação do Ceará.


Leonardo Ayres é consultor interno do Banco do Nordeste e mestre em informática aplicada pela Unifor. Também possui MBA em comércio eletrônico e é graduando em Direito. Trabalha com Java desde 2001 aplicando em linhas de pesquisas variadas (de sistemas multiagentes a grids computacionais). Atualmente desenvolve pesquisas relacionadas a Web 2.0, Web Semântica e Inteligência Artificial e e' desenvolvedor do Wikicrimes.


DSL com Rhino


Christiano Milfont trabalha na rede social Tuangr, Especialista em desenvolvimento WEB 2.0, Coordenador da Célula JAVA - FLF, Professor de cursos de extensão de JAVA e tecnologias WEB, palestrante, blogger e colunista da Java Magazine.


Data e Local

15/03/08 | UNIFOR - Universidade de Fortaleza - Sala B11/B3 - Mapa

Programação

Horário Palestrante Tema
09:00 as 09:40 Christiano Milfont
DSL com Rhino
09:45 as 10:35
Vasco Furtado/Leonardo Ayres
Wikicrimes
10:35 as 11:00
Coffee-break
-
11:00 as 11:50
Hildeberto Mendonça
JBoss Seam

Inscrições

Registre-se na página do evento no JUG Events

Sorteios*

- duas licenças do IntelliJIDEA
- assinaturas das revistas Java Magazine(2), SQL Magazine (1) e WebMobile (1).

* Para participar dos sorteios, é necessário o registro na página do evento no JUG Events

Observações

- 1 kg de alimento não perecível
- Após o evento terá uma confraternização churrascaria Picanharia (Av. Washinton Soares, em frente ao Siará Hall)
* despesa por conta dos participantes

http://www.cejug.org/display/cejug/JBoss+Seam,+Wikicrimes+e+DSL+com+Rhino+-+(15.03.08)

Rock Universal

A prova de que o rock vence fronteiras de todos os tipos inclusive as culturais

segunda-feira, 10 de março de 2008

Google da automedicação


http://www.medgle.com/

Agora você pode chegar mais preparado quando for consultar um médico.
Se falar muita besteira, basta trocar de médico

sexta-feira, 7 de março de 2008

Reconhecimento Profissional

http://www.tiinside.com.br/Filtro.asp?C=265&ID=86125

Projeto reconhece profissões de TI, mas exclui criação de conselhos
Quarta-feira, 05 de Março de 2008, 19h25

A Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática (CCT) do Senado aprovou, nesta quarta-feira (5/3), parecer favorável do senador Eduardo Azeredo (PSDB-MG) ao projeto de lei que regulamenta o exercício das profissões de analista de sistemas e técnico de informática. A proposta é de autoria do senador Expedito Júnior (PR-RO) e agora será encaminhada à Comissão de Assuntos Sociais (CAS), na qual receberá decisão terminativa.

O parecer de Azeredo excluiu da proposta original (projeto de lei 607/07), por sugestão do senador Renato Casagrande (PSB-ES), a possibilidade de criação de conselhos federal e regional de informática. Casagrande lembrou, ao explicar que a proposição continha um vício de iniciativa, que conselhos federais são autarquias e a concepção desses órgãos é prerrogativa do Poder Executivo.

O senador Flexa Ribeiro (PSDB-PA) observou que, caso fosse aprovado prevendo a criação dos conselhos de informática, o projeto seria vetado pela Presidência da República. O senador sugeriu que analistas de sistemas e técnicos de informática poderão optar pelo vínculo a algum conselho ou confederação já existente com o qual a profissão tenha pertinência.

De acordo com a proposta, a profissão de analista de sistemas somente poderá ser exercida por pessoas que possuam diploma de nível superior em análise de sistemas, ciência da computação ou processamento de dados. Já para desempenhar a função de técnico de informática, o projeto determina a comprovação de diploma de ensino médio ou equivalente de curso técnico de Informática ou de programação de computadores. Esses diplomas devem ser expedidos por escolas oficiais ou reconhecidas, ainda de acordo com o projeto.

"É desse profissional que se espera o cumprimento de normas éticas e a colaboração efetiva para que haja segurança nas comunicações e o respeito às normas legais, civis e criminais aplicáveis à atividade", ressalta Azeredo em seu relatório.

quinta-feira, 6 de março de 2008

Em breve pensamentos maldosos serao detectaveis...




Pesquisadores criam sistema que lê imagens do cérebro

Qui, 06 Mar, 09h44

Na edição desta semana da revista Nature, uma equipe de pesquisadores da Universidade da Califórnia em Berkeley relata a criação de um sistema capaz, ainda que de modo rudimentar, de ler a mente humana, traduzindo o que se passa no córtex visual primário do cérebro. "Construímos um modelo de computador da parte inicial do sistema visual que é capaz de pegar uma imagem qualquer, como dado de entrada, e prever a atividade neural que será o dado de saída", explica o principal autor do trabalho, Jack Gallant.


De posse da previsão feita pelo computador, os pesquisadores são capazes de executar a operação oposta: comparar o gráfico gerado pelo programa com uma leitura real de ressonância magnética funcional (fMRI) e, assim, "adivinhar" para qual imagem o paciente está olhando. Nos testes descritos na Nature, realizados com dois voluntários - ambos co-autores do artigo -, o processo acertou a 'adivinhação' de 80% a 90% das vezes, para uma galeria de até mil imagens. Os pesquisadores estimam que num conjunto de 1 bilhão de imagens o sistema acertaria cerca de 20% das vezes.

Gallant acredita que o mesmo tipo de abordagem poderá funcionar para os demais sentidos - audição, olfato, paladar, tato -, mas não garante que seja possível chegar a ler emoções, por exemplo. A tecnologia pode ser aplicada na criação de interfaces entre cérebro e máquinas, para controle de próteses diretamente pelo pensamento.

A nova técnica pode permitir, no futuro, o desenvolvimento de um sistema que faça a leitura da memória ou dos sonhos, já que reconstrói imagens visuais. No entando, os cientistas dizem que por enquanto a técnica pode ser aplicada apenas com imagens estáticas já que os aparelhos de ressonância magnética conseguem fazer apenas uma leitura a cada três ou quatro segundos, o que torna impossível decodificar a atividade cerebral no caso das imagens em movimento.



fonte: http://br.noticias.yahoo.com/s/06032008/25/manchetes-pesquisadores-criam-sistema-le-imagens-cerebro.html

terça-feira, 4 de março de 2008

De consumidor para produtor

Estava preparando uma apresentação sobre Web 2.0 e me "lembrei" que não tinha um blog.
A Web 2.0 tem como uma de suas principais características a mudança de postura de seus usuários.
As pessoas tendem a se tornar não só consumidoras de informação, mas também produtoras. Eu particulamente sempre fui um voraz leitor de blogs e fiel participante de diversas outras aplicações típicas da Web de hoje como fotologs e redes sociais mas me dei conta que faltava um blog.
Vasco já tinha me incentivado a criar mas sempre deixei para depois. Então resolvi criar o meu blog para definitivamente selar meu papel na Web 2.0. Agora também sou um produtor de informação! Seja você também um...