uol afiliados

quarta-feira, 20 de maio de 2009

Primeiros passos rumo à Web Semântica?

A reportagem abaixo fala sobre a intenção da Yahoo em reestruturar seu modelo de buscas apresentando informações mais "úteis" e de forma estruturada.
A Google já fez seus primeiros ensaios disponibilizando resultados em outros formatos como vídeos e mapas. Porém ainda limitado aos seus próprios produtos (Youtube, Google Maps, etc).
Identificar "a intenção" que realmente um usuário busca é um dos "sonhos" da Web Semântica que almeja criar uma infra-estrutura sob a Web atual "incluindo" semântica aos dados e com isso facilitando o uso de motores de busca, agentes, ou outros tipos de software que possam inferir informação útil sob os dados espalhados na Web.

Será se os bigs players como Yahoo e Google estão dando os primeiros passos rumos à "concretização" da Web Semantica?

Estou aguardando ansiosamente as próximas novidades



Yahoo quer buscas para 'adivinhar' intenção dos internautas

O mercado de buscas na internet segue agitado nesta semana, com anúncios por parte de alguns dos principais competidores. Diante da liderança do Google, que abocanhou 64% das pesquisas feitas nos EUA em abril , a concorrência resolveu se mexer. Com isso, a mudança no modelo de buscas na internet - saem os resultados com links, entram informações estruturadas - ganhou mais um defensor de peso nesta terça-feira. O Yahoo apresentou suas ideias em uma conferência, argumentando que é preciso compreender a "intenção" do internauta quando ele faz uma busca e não simplesmente entregar uma coleção de links ligados ao termo buscado. Além disso, a Microsoft deve apresentar uma nova ferramenta de buscas na próxima semana.

O Wolfram Alpha , nova ferramenta de busca lançada neste fim de semana, traz uma abordagem semelhante a sugerida pelo Yahoo. O Google também já vem caminhando nessa direção desde 2007, quando começou a fornecer conteúdos diferentes em seus resultados de busca, como pequenos resumos de biografias, vídeos do YouTube, etc.

O chefe do Yahoo Labs, Prabhakar Raghavan, voltou a defender a visão da web como um conjunto de "objetos" e não de "documentos". Segundo a CNet News, um exemplo dessa visão são os esforços do projeto SearchMonkey, que "almeja convencer os desenvolvedores web a utilizar etiquetas (tags) descritivas nas páginas, para facilitar a compreensão do conteúdo por parte dos mecanismos de busca".

- Está na hora de acabar com os 10 links azuis. Nós queremos deixar de lado a recuperação de documentos como centro da busca e passar a adivinhar a intenção do usuário - disse Raghavan.

Microsoft deve lançar novo buscador na próxima semana

O Yahoo demonstrou alguns de seus projetos em estudo. Entre eles, uma busca que informa análises críticas em buscas por restaurantes. Para os engenheiros da empresa, se a pessoa procura por um restaurante está expressando uma intenção de ir a esse lugar, e o Yahoo deve compreender essa intenção.

A Microsoft deve lançar publicamente uma nova versão de ferramenta de busca na Internet na próxima semana, segundo fontes do Wall Street Journal. A nova versão do serviço está sendo testada internamente sob o nome de Kumo.com.

A Microsoft contratou a JWT, uma unidade da WPP, para desenvolver uma campanha publicitária para o produto, acrescentou o jornal. O dispositivo de busca deve ser lançado na conferência "D: All Things Digital".


fonte: http://oglobo.globo.com/tecnologia/mat/2009/05/20/yahoo-quer-buscas-para-adivinhar-intencao-dos-internautas-755949259.asp
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário