uol afiliados

quinta-feira, 3 de março de 2011

WikiCrimes no Terra Magazine

Saiu ontem (2/3/2011) uma excelente coluna sobre o WikiCrimes feita por Daniel Annenberg no Terra Magazine. Reproduzo abaixo e recomendo a leitura:

"WikiCrimes", uma forma de participação popular

Daniel Annenberg
De São Paulo


Vocês sabem o que é WikiCrimes?

Pois é, eu também não tinha a menor idéia do que se tratava.

Descobri através de dois e-mails muito simpáticos do Sr. Vasco Furtado enviados para mim recentemente, os quais seguem abaixo:

"Oi Daniel,

Li seu artigo no Terra sobre as condições de atendimento das delegacias. Conheço bem essa problemática e foi uma das razões que me levou a lançar WikiCrimes (www.wikicrimes.org). As motivações e características desse projeto estão descritas neste vídeo do TEDxSudeste. http://www.tedxsudeste.com.br/2010/vasco-furtado-fala-sobre-o-valor-da-colaboracao-na-web/

Achei que poderia ter interesse em conhecer WikiCrimes e, quiça, juntar-se à nós na luta por formas alternativas para um novo sistema de notificação criminal onde a participação popular tenha prioridade.

WikiCrimes é exatamente essa nova forma de notificação. Se tiver um iPhone, baixe WikiCrimes nele e veja como pode registrar um crime também pelo celular (a versão Android está só fazendo consultas).

Ou seja, teremos um mecanismo de notificação complementar ao sistema oficial que pode, no mínimo, capturar registros que deixam de ser informados e que fazem com que a subnotificação de crimes no Brasil seja tão grande (cerca de 50% para roubos)."(os trechos em negrito são meus)

Parênteses: segue abaixo um breve currículo do Sr. Vasco, a quem não conheço pessoalmente, mas a quem já dedico esta coluna por conta do belíssimo trabalho que vem desenvolvendo.

Ele é professor da Universidade de Fortaleza, pesquisador de engenharia de conhecimento e de aplicações em Tecnologia da Informação, atuando a 12 anos no serviço público no campo da Gestão da Tecnologia da Informação, junto ao Ministério da Justiça e à Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Estado do Ceará, e profundo conhecedor do tema relacionado à segurança pública.

Mas voltando ao e-mail que ele me enviou, e traduzindo: o WikiCrimes é uma forma do próprio cidadão registrar um crime através da internet.

Conforme já citei na coluna passada, parte da população, quando precisa informar um crime para a Polícia, não se desloca para uma delegacia para registrar o que houve.

Seja porque é mal atendido numa delegacia, seja porque não acredita que o crime será resolvido, seja porque tem preguiça, o cidadão, muitas vezes, não comunica o que houve e com isso o número de crimes registrados é muito diferente do número de crimes ocorridos.

O senhor Vasco Furtado criou o WikiCrimes justamente para facilitar a vida do cidadão e conseguir registrar estes crimes.

E o mais interessante é que esta forma de notificação permite que a população interaja com o site e participe mais ativamente do processo de registro dos crimes.

Conforme já ressaltei diversas vezes nesta coluna, acredito profundamente que a única forma de alterarmos muitos procedimentos e formas de funcionamento do serviço público brasileiro (e também dos serviços privados) é com uma maior participação e envolvimento das pessoas.

Sem uma pressão maior da população e sem que a sociedade civil auxilie nesta cobrança, será muito difícil alterar qualquer coisa.

E as pessoas têm andado tão desiludidas que se não facilitarmos a vida delas, auxiliando neste processo, dificilmente elas terão paciência e vontade de registrar estas informações (ainda mais um crime, quando, em geral, as pessoas estão fragilizadas e sem vontade de tomar qualquer atitude...).

Por isso, parabéns para o senhor Vasco e à equipe dele por criar um site tão interessante e principalmente por encontrar novas formas de estimular a participação popular.

Tenho esperança (e mais ainda: certeza) de que, pelo Brasil afora, mais e mais pessoas possam estar fazendo projetos, trabalhos e ações na mesma direção do senhor Vasco.

Pois acredito que só desta forma conseguiremos encontrar o rumo para a melhoria da qualidade dos serviços públicos, da simplificação dos procedimentos, do desenvolvimento com igualdade social, etc.


Fale com Daniel Annenberg: daniel_annenberg@terra.com.br

Daniel Annenberg é administrador público e consultor. Trabalhou no Poupatempo de sua criação até 2006: superintendente durante 7 anos e assessor por 2. Atualmente é sócio-diretor da Res Publica Consultoria em Qualidade & Serviços Públicos.
Link da coluna
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário